[Review] Silly Symphonies: Elmer Elephant

kapankatsuragi/ setembro 17, 2017/ Reviews/ 2 comentários

Olá, eu sou Kapan Katsuragi, e eu sou novo por aqui. Eu não sei fazer introduções direito, mas eu tou aqui pra te falar sobre desenhos animados antigos.

Eu sempre tive uma paixão por entretenimento, mas só de uns anos pra cá eu passei a estudar esse meio com mais afinco. Inclusive, eu uso meu blog próprio como uma forma de estudar algumas obras relativamente mais desconhecidas. Inevitavelmente eu cheguei no nome que praticamente moldou a animação (e, creio eu, o cinema como um todo) como conhecemos hoje: Walt Disney.

E curiosamente, eu não tive muito contato com filmes puramente Disney quando moleque. Os únicos clássicos que eu vi foram Branca de Neve, Tarzan, e The Three Caballeros (Você Já Foi à Bahia?). O que eu via mesmo eram filmes da Pixar, em especial Toy Story e Toy Story 2.

Mas obviamente os caras da Disney sabem como espalhar a marca e seus personagens. Mesmo não tendo visto Pequena Sereia, Rei Leão, ou Aladdin, eu tive contato com esses personagens através de fitas que ensinavam inglês, que eu alugava do colégio. E nessas fitas haviam alguns curtas Disney clássicos que eu não conheceria de outra forma.

Isso tudo só pra dizer que eu vou falar especificamente sobre as Silly Simphonies, bem como outros curtas disneyanos da época. Mas não só Disney, porque toda a pré-história da animação moderna me fascina de uma forma incrível. Ao longo das resenhas também vamos dar uma olhada nos curtas dos rivais de Walt, como os Looney Tunes e suas Merrie Melodies, e a Fleischer Studios, criadora de personagens como Koko, Bimbo, Betty Boop, e até os curtas de Popeye e Superman.

Então, comecemos não do começo, pelo simples motivo de que os curtas iniciais eram ridiculamente monótonos pros padrões de hoje. Vamos de um curta mais divertido, que eu vi pela primeira vez numa daquelas fitas que eu alugava toda sexta-feira pra assistir trocentas vezes enquanto me entupia de nescau e bolacha maizena.

E como são curtas… Curtos, dá pra narrar melhor os pontos principais sem ser cansativo.

elmer elephant.mp4_000028798

Nossa história começa com o elefante Elmer, que vai todo garboso pra festinha de sua amiga Tillie, a tigrinha que parece a irmã perdida do Tigor T. Tigre.

elmer elephant.mp4_000054689

E como podemos ver, seus amigos já estão fazendo um ritual de invocação de alguma entidade maligna, que fofo. Mas Tillie não consegue apagar as velinhas, então pede pro seu amigo hipopótamo assoprar por ela.

Eu tenho quase certeza de que isso viola alguma lei implícita de aniversários, mas eu não vou discutir com um moleque cuja voz é tão grossa que faz com que Nelson Ned soe como Anderson Silva.

elmer elephant.mp4_000092178

Enfim, o hipopótamo assopra o bolo (que se revela falso, como podem ver) e suja o pobre Elmer.

Mas sua gentileza é recompensada com um beijinho de Tillie, que o deixa vermelho, como todo garoto abobado ficaria.

elmer elephant.mp4_000118209

E como todo garoto gordo e abobado, é surpreendido por bullying de seus colegas, que zoam sua tromba. Claro, porque o hipopótamo vestido de marinheiro tem muita moral pra zoar o cara com tromba.

Aliás, esse é legitimamente um ponto que eu me pergunto desde pequeno: todos os animais tem algo estranho: o macaco tem uma cauda imensa, o hipopótamo tem a já mencionada voz zoada. Porque ninguém zoa eles?

Talvez tenha protecionismo da gangue, sei lá.

elmer elephant.mp4_000261930.png

Cabisbaixo e envergonhado, Elmer encontra uma velha girafa que diz “ah mano, deixa quieto, também me zoavam mas tem gente pior”.

Ou algo assim, a forma que ele fala é meio ruim de entender sem legenda, e ele aponta pra pelicanos que não parecem estar ofendidos também. Sei lá.

elmer elephant.mp4_000353674

Mas O DEVER CHAMA quando o alarme de bombeiros toca alertando os macacos bombeiros mais incompetentes desde… Os últimos macacos bombeiros que exisiram em um desenho animado.

Específico.

elmer elephant.mp4_000319444

Oh! E agora, quem poderá nos defender?

Não o Mickey, ele provavelmente tava ocupado sendo confundido com um sequestrador pela Clarabela em plena hora de banho.

elmer elephant.mp4_000438268

elmer elephant.mp4_000439501.png

Mas temos Elmer! Que vai o mais rápido possível para o confronto contra os filhotes de Calcifer. Incluindo um jato de água que só não é uma maior quebra das leis da física do que o final de Cassiopeia.

Mas ninguém liga, porque Elmer salvou o dia e agora tem a sua merecida recompensa!

HURRAY!

elmer elephant.mp4_000472234.png

Esse curta é uma das coisas mais fofas que eu vi na vida. Claro, a mensagem contra bullying é bem diluída, mas eu imagino que pro público de 1939 devia ter funcionado. E óbvio, o foco era mais em testar tecnologias, histórias e personagens, e o curta em si é bastante divertido e colorido, além de ter designs de personagens claramente datados, mas adoráveis o suficiente pra tu esquecer disso.

Eu não sei se usaram alguma variação da câmera multiplano, mas a movimentação do cenário é um pouco tronxa em alguns momentos. Mas claro, isso sou eu falando porque eu sou um chato que fica notando cada pequeno detalhe que ninguém se importa.

Aliás, dois anos depois desse curta, Walter viria com Dumbo, que era um elefante que sofria bullying e dificuldades por alguma parte de seu corpo, e superavam as adversidades com essa mesma parte, assim como Elmer. Alguns teorizam que Elmer the Elephant foi um curta que meio que “testava” o conceito pro público. E visto que o curta veio em um dos momentos mais sombrios da História Disney, faz sentido.

Eu ainda nem sei o que eu vou falar no próximo post, mas se tiver alguma sugestão, eu sou todo ouvidos. Até lá, se cuidem.

elmer elephant.mp4_000482084

E essa imagem de fechamento por motivo nenhum exceto que eu amo essa estética.

  • Thayana Sampaio

    Que desenho mais fofinho, lembro o quanto eu amava assitir qualquer desenho quando eu era menininha, hoje em dia está muito mais difícil achar um desenho antigo quanto assistir, seria legal um link pra assitir ou direcionar a uma página onde isso fosse possível, continue falando mais sobre a melhor parte da infância (os desenjos), e ainda de uma forma tão instrutiva e interessante.

    • kapankatsuragi

      Oi, brigado por comentar! :3
      Maioria desses curtas clássicos dá pra achar no YouTube (ou em algum DVD Disney Treasures, se tiver sorte. Eu não vejo desde 2009). Tentar trazer tanto desenho obscuro como conhecido nos próximos posts. <3