Por onde andam os personagens que saíram de Grey’s Anatomy – Shane Ross #06

Cuidado! Se não terminou a décima temporada, o texto a seguir pode conter alguns spoilers!

Shane Ross (Gaius Charles)

Shane Ross era um residente de cirurgia no Grey Sloan Memorial Hospital. Quase nada se sabe sobre a vida dele antes de seu estágio, pois ele nunca mencionou nada. Shane foi um dos novos estagiários trazidos para o programa na nona temporada, juntamente com Jo Wilson, Stephanie Edwards, Leah Murphy, e Heather Brooks.

Com uma personalidade semelhante à de O’Malley, Shane é doce, se tornando facilmente amigo de todos. Porém, ao longo da série, ele mostrou que também pode ser muito competitivo e um pouco arrogante.

De modo geral, Shane é apreciado em todo o hospital tanto por seus colegas estagiários quanto pelos atendentes, tendo um bom relacionamento profissional com April e Derek.

No entanto, após a morte de Heather, ele tornou-se mais agressivo e desrespeitoso com os outros, mesmo os atendentes.

Ele apreciava a Neurocirurgia e estava constantemente a serviço de Derek.

Depois de passar muito tempo nessa área lhe foi dito que precisava trabalhar com outros atendentes e, também, dar aos outros estagiários uma chance de aprender com Derek.

Mesmo depois de ser transferido para outro serviço, Shane continuou a verificar os pacientes de Derek, que o confrontou sobre isso, dizendo que ele precisava encontrar uma especialidade onde ele pudesse brilhar.

Após a morte de Brook, por sentir certa culpa, acabou desistindo da neurologia.

Quando Cristina voltou de Minnesota, ela lhe apelidou de “Happy” e depois “Dunga”.

Depois de ouvir Cristina falar com Alex sobre como ela precisava ter relações sexuais, porque o seu trabalho sofria quando ela estava em abstinência, Shane ofereceu seus serviços a ela como um meio de aliviar o estresse. Cristina recusou, porém, embarcaram em um relacionamento sexual depois de trabalharem juntos para salvar um paciente. Porém, logo Cristina lhe disse que não iriam mais fazer isso.

Mais tarde, quando a política de não-confraternização foi promulgada, Cristina perguntou a Ross se ele alguma vez sentiu que sua educação havia sido comprometida ou se ele se sentia pressionado a fazer coisas para ela. Ele assegurou-lhe que não.

Quando Cristina se preparava para deixar Seattle para trabalhar em Zurique no Instituto, Shane lhe pediu para levá-lo com ela, pois não queria que a sua educação fosse interrompida e queria continuar a aprender com ela. Ela concordou em levá-lo.

 

Após sair de Grey’s Gaius participou também do filme The Stanford Prison Experiment como Paul Vogel. O filme é baseado no experimento da prisão de Stanford, uma experiência psicológica destinada a investigar o comportamento humano em uma sociedade a qual os indivíduos são definidos apenas pelo grupo. O experimento envolveu a atribuição, dos voluntários que concordaram em participar, a papéis de guardas e prisioneiros em uma prisão simulada. Foi realizado em 1971 por uma equipe de pesquisadores liderada pelo professor Philip Zimbardo, da Universidade Stanford. Os resultados inesperados foram tão dramáticos que teve que ser parado antes de sua conclusão.

 

Gaius em The Stanford Prison Experiment como Paul Vogel.

Participou também, num papel recorrente, da série Aquarius como Bunchy Carter. A série se passa na década de 60. A história apresenta o trabalho da polícia em torno das atividades criminosas de Charles Manson, um dos mais famosos seriais killers.

Gaius em Aquarius como Bunchy Carter.

Perdeu o personagem de ontem? Clique aqui!