Por onde andam os personagens que saíram de Grey’s Anatomy – McDreamy #01

Cuidado! Se não terminou a décima primeira temporada o texto abaixo pode conter alguns spoilers!

Tendo em vista o pouco tempo em que Derek saiu da série, bem como sua importância na história, esse post vai abordar um pouco mais detalhadamente a história dele na série. Caso não queira tantos detalhes, pode pular pro final para ver o que Patrick está fazendo após sua saída de Grey’s!

Derek Christopher Shepherd (Patrick Dempsey)

Derek Christopher Shepherd era um neurocirurgião e membro do conselho diretor do Grey Sloan Memorial Hospital. Ele era casado com Meredith Grey, com quem teve 3 filhos, duas meninas: Zola e Ellis e, um menino: Bailey.

Antes de vir para Seattle, Derek passou a maior parte de sua vida em Nova York.

Ele tem quatro irmãs: Nancy, Kathleen, Liz e Amelia, sendo as três primeiras mais velhas que ele e a ultima mais nova que ele. Assim como Derek, todas as suas quatro irmãs são médicas. Seu pai era dono de uma loja quando era mais jovem e, um dia, dois ladrões se aproximaram dele e exigiram que ele entregasse o relógio que sua esposa Carolyn tinha comprado para ele com muito esforço. Quando ele se recusou, os assaltantes atiraram nele até a morte, com Derek e sua irmã mais nova, Amelia, escondidos no local e, assim, testemunhando sua morte.

Este evento constituiu um marco na vida de Derek, podendo ter inspirado Derek a se tornar um cirurgião para ajudar a salvar vidas.

Na infância, Derek foi o melhor amigo de Mark Sloan, que veio de uma família rica, mas emocionalmente deficiente e foi como um segundo filho para a família Shepherd.

Derek se casou com Addison Montgomery, sua namorada da faculdade de medicina, e os dois começaram suas residências, estudando sob a orientação do Dr. Richard Webber. Seguindo suas residências e bolsas de estudo, Derek e Addison rapidamente tornaram-se muito bem sucedidos em seus respectivos campos. No entanto, seu sucesso e cargas de trabalho, estando sempre ocupados, colocou uma pressão sobre o casamento deles, e os dois se afastaram. A distância emocional eventualmente levou Addison a trair Derek com seu melhor amigo, Mark. Depois de encontrar Addison na cama com Mark, Derek declarou o fim do casamento e mudou-se para Seattle, trabalhando no Seattle Grace Hospital, aceitando uma oferta de trabalho de seu ex-professor, Dr. Richard Webber, como Chefe de Neurocirurgia, com a possibilidade de se tornar o Chefe quando Webber se aposentasse. Derek estava ciente de que Burke estava competindo por esse cargo também.

Logo depois de chegar em Seattle, Derek conheceu sua futura esposa, Meredith Grey, em um bar e foi para casa com ela para um caso de uma noite, apenas para descobrir no dia seguinte que ela era uma dos novos internos de cirurgia no hospital. Embora ela inicialmente tenha rejeitado seus avanços, considerando-os inadequados devido à sua relação de trabalho, Meredith finalmente concordou em namorar Derek, embora ele não tenha conseguido dizer a ela sobre seu casamento.

Devido a sua personalidade carismática e charmosa e sua boa aparência, entre Meredith e seus amigos Derek ganhou o apelido de “McDreamy”.

No entanto, seu relacionamento insipiente teve um rompimento súbito quando Addison chegou a Seattle para uma consulta a pedido de Richard Webber.

Addison também havia trazido os papéis do divórcio, mas deixou claro que, se Derek estivesse disposto a dar-lhe uma segunda chance, ela queria dar ao seu casamento outra chance. Derek teve dificuldades em fazer uma escolha, mas em última análise, seu senso de obrigação para com seu casamento e seus votos venceram, e ele deixou Meredith para voltar para Addison.

Família é algo que é muito importante para Derek. Sua decisão de trabalhar para manter seu casamento foi amplamente baseada em seu senso de obrigação para com Addison como sua família, a mulher com quem compartilhou onze anos de sua vida. A escolha não foi tão simples como Derek havia imaginado, e enquanto tentou reparar o seu casamento com Addison, descobriu que ainda tinha sentimentos muito fortes por Meredith. Pouco antes do Natal, ele confessou a Addison que Meredith não tinha sido apenas um caso, mas que ele tinha se apaixonado por ela.

Quando Derek finalmente admitiu que os problemas em seu casamento foram parcialmente sua culpa, seu amor por Meredith continuou a deixá-lo emocionalmente distante de Addison.

Quando Meredith começou a namorar Finn Dandridge, o veterinário de Doc, Derek ficou tão consumido pelo ciúme que Addison o confrontou sobre sua paixão por Meredith, e até perguntou a Meredith se ela estava dormindo com Derek.

Em um baile patrocinado pelo hospital para a sobrinha do chefe que estava morrendo, Derek atingiu um ponto do qual não podia retornar em seu caso emocional com Meredith. Após uma discussão acalorada em uma sala de exames, Derek e Meredith fizeram sexo, mas antes que pudessem discutir as implicações de suas ações, Meredith foi chamada para lidar com Izzie, cujo noivo tinha acabado de morrer. No dia seguinte, Addison encontrou a calcinha de Meredith, que havia sido deixada no smoking de Derek, e prendeu-a no quadro de avisos hospital, enquanto Derek foi à casa de Meredith e declarou seu amor a ela pela primeira vez.

Derek e Meredith durante a festa, na sala de exames.

Inicialmente, Derek sentiu uma imensa culpa pelos problemas em seu casamento com Addison, e foi para o quarto de hotel onde ela estava hospedada para se desculpar. Em vez disso, ele ficou horrorizado ao descobrir que Addison, bêbada, tinha chamado Mark de Nova York para Seattle.

Para o desdém de Derek, Mark decidiu aceitar uma posição no Seattle Grace, em uma tentativa de conquistar Addison de volta. Embora ele e Addison reconhecessem o fim de seu casamento e dessem inicio ao processo de divórcio, Meredith estava indecisa, e decidiu manter seu relacionamento com Derek e Finn antes de fazer uma decisão entre os dois.

Meredith sonha com Derek e Finn na cama ao mesmo tempo.

Enquanto eles estavam namorando, Meredith foi internada para uma apendicectomia, e a preocupação de Finn com ela durante a doença levou Derek a reconsiderar sua perseguição. Assim que ela se recuperou da cirurgia, ele disse a Meredith que ele estava indo embora, liberando-a para estar com Finn, a quem considerava “o melhor cara”. Meredith, no entanto, já havia decidido que Derek era o “único” para ela, e terminou com Finn.

No Seattle Grace, ele conseguiu ficar amigo de Addison, mesmo depois de seu divórcio, e foi o melhor amigo de Preston Burke, mas ficou sem amigos quando ambos deixaram o Seattle Grace Hospital

Com ninguém para conversar, Derek começou a conversar com Mark novamente, e eles lentamente começaram a reconstruir sua amizade, e logo se tornaram melhores amigos novamente. Depois de voltar a ficar junto com Meredith, ele se tornou amigo de seus amigos, principalmente Cristina, Alex, Izzie e George, e também se ligou a Lexie Grey, irmã de Meredith após sua chegada ao Seattle Grace. Depois de um começo difícil com Owen Hunt, ambos Derek e Mark, começaram a formar fortes laços de amizade com ele.

Ao longo de suas indas e vindas com Meredith, Derek teve um breve relacionamento com Sydney Heron, e com a enfermeira Rose. Voltando com Meredith antes de terminar de fato seu relacionamento com Rose. Indo morarem juntos logo após essa reconciliação.

Enquanto Richard estava recebendo tratamento para seu alcoolismo, Derek tornou-se chefe de cirurgia.

Gary Clark era um viúvo de luto cuja esposa foi retirada do suporte de vida. Ele culpou os médicos que a tiraram do suporte de vida e tentou entrar com um processo contra o hospital, mas ele não tinha um bom caso. Ainda sofrendo, e sem se conformar com a morte da esposa, Gary iniciou um tiroteio no Seattle Grace Mercy West. Ele matou o Dr. Charles Percy, uma enfermeira, Dra. Reed Adamson, e outras oito pessoas, incluindo dois guardas de segurança. Ele também disparou contra Alex Karev, Owen Hunt, e Derek Shepherd, juntamente com outros quatro que ficaram feridos. Devido ao estresse da situação, Meredith ao ver Derek com um tiro no peito, com a bala próxima a seu coração, acabou abortando.

Meredith com Derek logo após ele ser baleado.

Depois do tiroteio, Derek passou a demonstrar comportamentos extremos e arriscados. Ele foi preso várias vezes por excesso de velocidade, fato que levou Meredith a deixá-lo na prisão durante uma noite. Ele deixou seu emprego como chefe de cirurgia. Meredith então, disse a ele sobre o aborto que ela sofreu depois de ver ele ser baleado e ele parou de agir perigosamente.

Depois de ter sido colocado na lista negra pela FDA, Derek decidiu assumir casos de pessoas que receberam um não de outros médicos. Com Lexie ao seu lado, ele trabalhou em muitos casos sem esperança, por vezes, conseguindo concluir com sucesso a cirurgia.

Depois de ter que quebrar sua mão esquerda com uma pedra para livrá-lo dos destroços do avião, a mão de Derek ficou muito ferida. Muitos ossos estavam quebrados e houve danos significativos nos nervos. Callie, no entanto, foi capaz de consertar sua mão, com a ajuda da doação de um nervo da perna da irmã de Derek, Liz.

Não muito tempo depois de prometer a Meredith dar uma diminuída em seu ritmo de trabalho e cuidar das crianças para que ela pudesse brilhar, Derek se juntou a Callie para criar membros robóticos que podiam se mover através do controle da mente. Derek desenvolveu sensores especiais que tinham de ser inseridos no crânio para que os membros robóticos pudessem trabalhar. A pedido de Owen, Derek sentou-se com pessoas da iniciativa de mapeamento cerebral ligadas ao presidente, uma vez que eles expressaram interesse em utilizar seus sensores para seu projeto também.

Derek então os guiou pelo caminho certo, uma vez que pareciam estar indo na direção errada. Mais tarde naquele dia, Derek foi chamado pelo Presidente, que lhe pediu para se juntar à sua iniciativa de mapeamento cerebral.

Derek aceitou a oferta e começou a trabalhar com seus novos colegas em seu escritório no Grey Sloan Memorial, mantendo contato através de chamadas de vídeo. Ele mostrou-se de grande valor para o projeto quando eles mudaram as regras, quando Derek afirmou que sairia se eles não deixassem Callie continuar a usar os sensores também. Inicialmente, Meredith se ressentia do fato de que ele não cumpriu sua promessa de diminuir o ritmo e apoiá-la, já que agora ela quem tinha que fazer isso para cuidar das crianças. Como ele se tornou cada vez mais importante, era obrigado a fazer viagens de negócios ocasionais para Washington DC. Felizmente para ele e Meredith, sua irmã Amelia decidiu ficar em Seattle, assumindo o seu serviço, para que ele pudesse mapear o cérebro, e ajudá-los a cuidar das crianças, dando a Meredith o tempo que precisava para sua carreira.

Foi oferecida a Derek uma posição permanente no NIH em DC, para que Derek pudesse participar mais das reuniões e se dedicar mais ao mapeamento cerebral. Juntamente com essa posição ofereceram a Meredith uma vaga em um hospital de DC.

Meredith inicialmente queria se juntar a Derek, mas Cristina lhe disse que, apesar de Derek ser um sonhador, Meredith é que era o sol e não ele.

Meredith, em seguida, decidiu ficar em Seattle já que é onde ela cresceu e começou sua família. Derek realmente não entendeu o por que disso, uma vez que não havia nada que ela estivesse fazendo em Seattle que não pudesse fazer em DC. No entanto, ele decidiu que Meredith e as crianças eram mais importantes para ele e acabou deixando o trabalho, mesmo que Meredith não tenha lhe pedido para fazer isso.

Isto lhe deixou amargo e com raiva o tempo todo, uma vez que Meredith não estava feliz com a sua escolha, nunca mostrando que ela apoiou sua decisão.

Ele então passou a pressionar Meredith para se dedicar a sua carreira para compensar o sacrifício que ele fez. Ele também se desentendeu constantemente com Amelia, que assumiu seu cargo de Chefe de Neurocirurgia. Ele tentou conseguir seu antigo emprego de volta, mas mais tarde pediu desculpas por isso. Ela entendeu que ele desistiu de uma oportunidade única em sua vida, mas não achou que isso era motivo suficiente para atirar sua raiva nas pessoas ao seu redor.

Após muitos desentendimentos com Amelia e principalmente Meredith, surgiu novamente a oportunidade de ir trabalhar em DC, e dessa vez Derek aceitou a oferta.

Derek foi para o aeroporto, e pouco antes de embarcar no avião, ele conversou por telefone com Meredith. Eles concordaram em parar de lutar e em tentar fazer o casamento funcionar com eles longe um do outro, já que nenhum deles queria terminar a relação.

Ele foi para a DC e começou a liderar o Mapeamento Cerebral Iniciative, auxiliado por bolsistas. Ele se interessou em um projeto paralelo de um desses companheiros, Renee Collier, e encorajou-a quando ela se sentia estagnada, eventualmente, até mesmo começando a ajudar com sua pesquisa. Renee começou a desenvolver um interesse romântico por ele, que finalmente resultou em um beijo entre os dois. Derek parou, dizendo que ele amava sua esposa e não queria nada mais do que o que ele tinha com ela. Ele rapidamente saiu do laboratório a bordo de um avião para Seattle para ir ver sua esposa, esquecendo seu telefone e chaves no laboratório. Naquele momento, Meredith ligou para ele para conversarem, e Renee pegou o telefone, pensando que era Derek ligando com outro telefone. Renee não sabia o que dizer depois de responder e desligou, deixando Meredith pensar que Derek estava traindo ela.

Não muito tempo depois de seu retorno para casa, Derek estava em seu caminho para o aeroporto para uma última viagem a DC quando testemunhou um acidente de carro em uma estrada remota. Ele imediatamente entrou em ação, salvando quatro pessoas dos destroços antes que os funcionários da emergência chegassem e levassem os pacientes para Dillard Medical Center.

Derek ajudando as vítimas do acidente.

Derek voltou para o carro e começou a virar quando seu telefone tocou de repente. Deixando de prestar atenção na estrada, com o carro no meio dela, ele pegou o telefone, sem notar um caminhão se aproximando, que atingiu seu carro. Derek foi então levado para Dillard onde os médicos começaram a examiná-lo. Consciente, mas incapaz de falar, ele sabia que ele precisava de uma TC da cabeça, e implorou em sua mente que os médicos também percebessem isso, mas sem sucesso. Derek foi levado às pressas para a cirurgia, mas quando os médicos descobriram o que estava acontecendo e até conseguirem trazer um neurocirurgião (a quem eles tiveram que esperar por mais de uma hora depois de chamá-lo), já era tarde demais e Derek teve morte cerebral.

Não muito tempo depois, Meredith, a quem a polícia tinha trazido para o hospital, assinou os papéis para desligarem os aparelhos que estavam lhe mantendo vivo.

Meredith com Derek, já com sua morte declarada, no quarto do hospital.

Depois de partir nossos corações com a sua saída de Grey’s Anatomy, o ator Patrick Dempsey está escalado para o filme “O Bebê de Bridget Jones”. De acordo com o The Wrap, o eterno McDreamy, foi contratado para coestrelar a comédia ao lado de Renée Zellweger (Bridget Jones) e Colin Firth (Mark Darcy), ainda sem data de estreia definida.

Uma coisa é certa, Derek Shepherd nunca sairá de nossa memória e de nossos corações. A morte dele foi uma das mais tristes e importantes da série. Não poderíamos encerrar nossa série especial sobre Grey’s Anatomy com outra pessoa.

McDreamy, nós sentiremos a sua falta! 🙁

Perdeu o personagem de ontem? Clique aqui!

%d blogueiros gostam disto: