Por onde andam os personagens que saíram de Grey’s Anatomy – Dr. Robert Stark #02

Cuidado! Se não terminou a sétima temporada, o texto abaixo pode conter alguns spoilers!

 

Robert Stark (Peter MacNicol)

Robert Stark foi nomeado Chefe da Cirurgia Pediátrica após a renúncia da Dra. Robbins para supervisionar um programa de cirurgia pediátrica em Malawi, na África.

Stark é um médico descrito como teimoso e aparentemente desinteressado, representando o contrário dos cirurgiões comumente empregados no Seattle Grace Mercy West Hospital.

Contratado por um ano, continuou a trabalhar como o chefe do departamento quando Arizona retornou.

Após a sua chegada, ele formou uma relação negativa com Alex Karev quando ele se recusou a considerar o uso idéia de Alex por um transplante de fígado. Alex descobriu mais tarde que Stark usou sua idéia, mas não lhe deu o crédito, dizendo que era sua.

Em vários momentos Stark demonstrou que valorizava estar certo, que fazia as coisas à sua maneira e, também, que não era muito aberto a sugestões.

Apesar de suas qualidades negativas, Stark provou ser um cirurgião competente quando ele realizou a cirurgia para salvar a vida de Sofia, a filha de Callie, Arizona e Mark, depois que ela desenvolveu algumas complicações. Arizona, que havia inicialmente considerado outros cirurgiões para o trabalho, expressou sua gratidão a ele, independentemente da sua hostilidade inicial.

Stark recomendou a Dra. April Kepner para o cargo de chefe dos residentes, depois que ela revelou que ela realmente cuidava de seus pacientes (fazendo um mingau e aprendendo algumas palavras na língua das crianças africanas para que nem tudo fosse novo quando elas estivessem no hospital).

Lexie pensou que Stark era gay, porque ele esperou um mês inteiro para fazer um movimento com April.

Stark teve um breve relacionamento com April Kepner, embora April tenha rompido essa relação, dizendo que ela só o considerava um amigo.

Sua relação negativa com Alex e Arizona foi reforçada quando Stark insistiu em amputar a perna de um adolescente desnecessariamente. Karev bloqueou Stark com o corpo, enquanto Arizona foi buscar seus privilégios e ser reintegrada como chefe da cirurgia pediátrica. Quando ela voltou, chutou Stark pra fora da sala de operação, e junto com Callie salvaram a perna do garoto.

Após sua saída de Grey’s, Peter não ficou parado! Emprestou sua voz para o personagem Jervis Tetch / Mad Hatter nos jogos Batman: Arkham City e Batman: Arkham Origins, também para Dewy Ottoman no filme Scooby-Doo! Stage Fright, para o Professor Ivo / MONQI / Amazo na animação Young Justice, Angel na série American Dad! E Tseebo na série Star Wars Rebels.

Participou das séries Necessary Roughness (Dr. Albert Gunner), Agents of S.H.I.E.L.D. (Professor Elliot Randolph) e The Mindy Project (Rabbi Adler).

Peter em The Mindy Project como Rabbi Adler.

Trabalhou também nos filmes Game Change (Rick Davis), Battleship (Secretário de Defesa)  e, no curta Mitch McConnell’s Equal Pay Solution with Peter MacNicol.

 

Peter no curta Mitch McConnell’s Equal Pay Solution with Peter MacNicol.

Atualmente está trabalhando na série CSI:Cyber, como Simon Siffer.

Peter como Simon em CSI:Cyber ao lado de Patricia Arquette.

Perdeu o personagem de ontem? Clique aqui!