Análise: Antes de Dormir (Filme)

Título: Antes de Dormir

Título Original: Before I Go To Sleep

Estréia: 22 de Janeiro de 2015

Direção: Rowan Joffe

Gênero: Suspense

Duração: 1h32min

Elenco: Nicole Kidman (Christine Lucas) | Colin Firth (Ben Lucas/Mike) | Mark Strong (Dr. Nash) | Anne-Marie Duff (Claire) |  Dean-Charles Chapman (Adam) | Adam Levy ( Ben Lucas).

 

Antes de dormir é baseado no livro de mesmo nome do autor S. J. Watson. Porém, encontramos muitas diferenças entre o filme e o livro que citarei mais abaixo.

A história é centrada na vida de Christine, uma mulher que ficou amnésica devido a um ataque do qual saiu muito ferida. Ela não consegue reter suas memórias por muito tempo e todos os dias ao acordar acredita ter 20 anos novamente. Em seu banheiro existe um mural com inúmeras fotos de seu passado, juntamente com post-its com pequenas observações para ajudá-la em seu ritual diário de se descobrir anos mais velha e sem saber o que está acontecendo em sua vida.

Christine é casada com Ben Lucas, um homem aparentemente muito amoroso que todos os dias lhe explica o que aconteceu com ela e lhe fornece maiores detalhes sobre sua vida.

Além de Ben, temos um outro personagem importante na trama: o Dr. Nash, médico responsável por tratar Christine. Entretanto, Ben não sabe nada a respeito desse tratamento, nem que, como parte dele, todos os dias ela grava em uma câmera um diário visual, onde relata vários fatos de seu dia-a-dia, tendo como intuito ajudá-la a fazer uma conexão entre os dias.

Ao longo do filme, conforme Christine vai vendo os vídeos em sua câmera percebe que seu marido não está lhe contando tudo. E a partir dai surge a dúvida: Será que ela pode confiar em Ben?

Minhas impressões:

Vi o filme logo após ler o livro, e talvez tivesse expectativas muito altas, mas devo confessar que terminei o filme com certa decepção.

O Filme de modo geral é bom, porém não me prendeu. Acredito que eles poderiam ter explorado mais algumas coisas, e não tenho muita certeza se ele foi suficientemente claro para quem não leu o livro. Em várias cenas, me pegava pensando, será que quem não leu realmente entende o que está acontecendo ai?

Senti em vários momentos que faltou algo. Muitas das melhores e mais profundas cenas do livro foram muito simplificadas e de certa forma perderam sua essência.

Entretanto, tentando não comparar ao livro, o filme conta com um elenco muito bom e possui boas cenas de suspense. De modo geral as críticas que encontramos sobre ele são ruins, mas existem muitas pessoas que defendem a boa qualidade do filme, e pra quem não leu o livro ou não quer uma história igual a do livro provavelmente vai gostar.

Filme x livro (Se planeja ler o livro, continuar lendo pode estragar algumas coisas em sua leitura!):

  • Enquanto no livro Christine escreve em um caderno, no filme ela mantém um diário visual em uma câmera, algo que eu particularmente achei interessante, pois quando soube que havia um filme sobre o livro fiquei tentando imaginar de que forma eles fariam as cenas baseadas em seu diário, pois essas além de serem muito importantes e profundas eram basicamente pensamentos e lembranças de Christine, e de modo geral as adaptações cinematográficas tendem a me decepcionar quando o assunto é retratar pensamentos dos personagens. Porém ainda assim, acredito que o filme não conseguiu captar a profundidade de muitas cenas presentes no livro.

  • Muitas coisas foram alteradas, então não vá assistir ao filme acreditando que vai rever as cenas do livro. Idades, nomes, fatos, cenas e outras coisas, podem fazer com que aqueles que não gostam de adaptações que não são fieis as histórias originais detestem esse filme.

 

Trailer:

 

Já viu o filme? Conte-nos o que achou nos comentários!